Sábio Viajante - BEM VINDO!

Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish

Somos

Minha foto
Universo, Brazil
Mulheres que dançam, tecem e trançam suas vidas, vidas de quem amam... Somos Mulheres que acreditam no Ser Humano, no Amor, na Justiça Divina e dos homens, na Igualdade, no Respeito sem demagogia. Ao darmos as mãos, unimos muito mais do que sonhos, desejos e energias em um Círculo Universal... UNIDAS SOMOS UM CORAÇÃO BATENDO FORTE COMO UM TAMBOR...

domingo, novembro 28, 2010

Deusas Tecelãs...Lembrem-se...

Não poderia encontrar palavras mais claras e profundas sobre qual é realmente o nosso papel...Por isso, Grandes Mulheres...Leiam e ouçam sua Alma...É a Deusa nos falando...O texto de  Romero, Imaculada* é tão especial, que ficamos com vontade de ler mais...
Imagem: Internet
Hablemos claro.

segunda-feira, novembro 08, 2010

Nossa História começa...

Prazer:

Imagem: Arquivo Pessoal

"O círculo tem poder de cura. Em círculo, somos todos iguais. Quando estamos em círculo, ninguém está a sua frente, nem atrás, nem acima e nem abaixo. Um círculo sagrado é feito para criar Unidade. O Elo da Vida também é um círculo. Nesse elo há espaço para cada espécie, cada raça, cada árvore e cada planta. É a completude da Vida que, é respeitada, para que possamos trazer cura para o Planeta”. Dave Chief, Oglala Lakota

Desde criança, eu percebia o circulo como parte em nossas vidas. Tudo se fazia em roda. Eu vivia rodeada por muitas mulheres. Venho de família grande, italiana, mulheres fortes, guerreiras, tecelãs. Tudo era feito em conjunto. A comida, o trabalho, o artesanato, as discussões, as orgias alimentares, as danças e brincadeiras durante o preparo dos alimentos na cozinha,  as contações de história que vovó fazia ( minha mãe conta, que, em muitas dessas vezes, a gente era convidado a noite para acompanhar a vovó no grande pátio da casa. Nos deitávamos na grama, lado a lado escutando (quase sem respirar) suas histórias   tendo, como pano de fundo, um imenso céu estrelado...). As celebrações na colheita da uva e a fabricação do vinho, eram uma festa. A roda de chimarrão em volta do fogo crepitante, um momento ‘Sagrado’, onde se escutava atento, as lindas histórias e lendas contada pelos mais velhos. 

Tecendo Destinos

Moiras

Imagem: Internet
O dom de tecer e fiar sempre inspirou os mais diversos mitos, as mais ricas narrativas. Há muito tempo atrás, os celtas e outros seguidores do culto da Grande Mãe ou da Grande Deusa, já atribuíam a ela o poder de determinar o destino dos mortais, tecendo os fios de suas existências, e de dispor de elementos naturais como as trevas e a luz.
Na mitologia criada pelos gregos, Nix, deusa da Noite, uma das divindades primordiais, gera entre outras criaturas as tecelãs do destino: Cloto, Láquesis e Átropos, damas sombrias representadas na literatura, especialmente na poesia clássica, como mulheres de aparência funesta, desempenhando o terrível compromisso de elaborar, tecer e interromper o fio da vida de todos os seres; e nas artes plásticas retratadas como belas donzelas. Estas irmãs detinham um poder incontestável, ditando o destino tanto dos deuses quanto dos mortais, não sendo questionadas nem mesmo por Zeus, pois qualquer interferência de sua parte influenciaria na ordem natural do Universo.

Se você quiser...Eu danço com você!

Imagem: Arquivo Pessoal

Nuvem Cigana  
Se você quiser, eu danço com você
No pó da estrada
Pó, poeira, ventania
Se você soltar o pé na estrada
Pó, poeira
Eu danço com você o que você dançar

Comadres...

Uma definição que muito me alegra para comadre é o fato de ela se tornar mais que uma amiga, quase uma irmã. Um laço sanguíneo escolhido não ao acaso, mas na convivência. Passamos dessa forma a vivenciar momentos de descobertas, adaptações e transformações. Nesse despertar Crescemos nos apoiando mutuamente...

Abraço Carinhoso das Comadres Faceiras!!!

O presente é tão grande, não nos afastemos. Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas. Não serei o cantor de uma mulher, de uma história. Não direi suspiros ao anoitecer, a paisagem vista na janela. Não distribuirei entorpecentes ou cartas de suicida. Não fugirei para ilhas nem serei raptado por serafins. O tempo é a minha matéria, o tempo presente, os homens presentes, a vida presente. (Drumond)

Las Comadres Agradecem...

Volte Logo!!!

Mãe TERRA

Loading...

Créditos e Autoria

Os textos aqui postados são pesquisados em livros e na internet. Alguns podemos desconheçer a sua autoria, muito embora buscamos incessantemente descobrir. Nossa intenção em postá-los nesse espaço é de espalhar o conhecimento e bons exemplos...
Acreditamos que essa é a vontade de nossos ancestrais. Afinal, de que adiante um livro guardado em nossa estante?

É envolta nessa aura de desejo em repassar, distribuir, informar, compartilhar e acarinhar os corações, que deixamos além desse desejo, também, nossa eterna gratidão à esses seres Maravilhosos, que nos legaram com pérolas a serem distribuidas...

Que todos sejam triplamente abençoados!!!

NAMASTÊ!