Sábio Viajante - BEM VINDO!

Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish

Somos

Minha foto
Universo, Brazil
Mulheres que dançam, tecem e trançam suas vidas, vidas de quem amam... Somos Mulheres que acreditam no Ser Humano, no Amor, na Justiça Divina e dos homens, na Igualdade, no Respeito sem demagogia. Ao darmos as mãos, unimos muito mais do que sonhos, desejos e energias em um Círculo Universal... UNIDAS SOMOS UM CORAÇÃO BATENDO FORTE COMO UM TAMBOR...

terça-feira, julho 26, 2011

Ser AVÓ...

Ser vovó...Ahhh! Que bênção...Ser, e ter uma vovó. As minhas já estão no plano superir...Mas, não penses, que minhas avós eram fora de seu tempo...Não, não. Muito pelo contrário, eram muito a frente. Talvez por isso deixaram marcas profundas em nós, e nas Mulheres de sua geração...
Minha avó materna chamava-se Laura, era uma mulher linda, robusta, com olhos azuis da cor do mar...tenho muito dela, no que tange o amor pela terra e pelas ervas...Nossa! Várias vêzes ouvi minha mãe dizer: "parece tua vó, sempre com esses chá no mate"... (mate ou chimarrão - bebida típica do gaúcho). Isso, para mim, soava como um elogio. Eu tenho um amor gigante por ela...mesmo sendo a avó que menos convivi ( ela faleceu com + ou - 60 anos ;(.
..Mas, seu legado, carrego comigo até hoje, e procuro repassar as minhas filhas e à todas as mulheres com quem convivo ou, convivi.
Já vovó paterna, Ema, era o oposto, pequenina, frágil, mas com uma força de Guerreira, que nos enchia de orgulho. Tinha olhos grandes pretos, que falavam mesmo sem dizer uma palavra...Amava seus quitutes, sua forma de falar calma, suave...sem pressa...e seu amor pela natureza.
Naquele tempo as avós eram mais voltadas aos afazeres da casa e da terra...Sinto falta desse convívio tão bom!...Sinto falta de minhas avós :(...
Internet

Comadres...

Uma definição que muito me alegra para comadre é o fato de ela se tornar mais que uma amiga, quase uma irmã. Um laço sanguíneo escolhido não ao acaso, mas na convivência. Passamos dessa forma a vivenciar momentos de descobertas, adaptações e transformações. Nesse despertar Crescemos nos apoiando mutuamente...

Abraço Carinhoso das Comadres Faceiras!!!

O presente é tão grande, não nos afastemos. Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas. Não serei o cantor de uma mulher, de uma história. Não direi suspiros ao anoitecer, a paisagem vista na janela. Não distribuirei entorpecentes ou cartas de suicida. Não fugirei para ilhas nem serei raptado por serafins. O tempo é a minha matéria, o tempo presente, os homens presentes, a vida presente. (Drumond)

Las Comadres Agradecem...

Volte Logo!!!

Mãe TERRA

Loading...

Créditos e Autoria

Os textos aqui postados são pesquisados em livros e na internet. Alguns podemos desconheçer a sua autoria, muito embora buscamos incessantemente descobrir. Nossa intenção em postá-los nesse espaço é de espalhar o conhecimento e bons exemplos...
Acreditamos que essa é a vontade de nossos ancestrais. Afinal, de que adiante um livro guardado em nossa estante?

É envolta nessa aura de desejo em repassar, distribuir, informar, compartilhar e acarinhar os corações, que deixamos além desse desejo, também, nossa eterna gratidão à esses seres Maravilhosos, que nos legaram com pérolas a serem distribuidas...

Que todos sejam triplamente abençoados!!!

NAMASTÊ!